Não deixe a amargura criar raízes em seu coração

0
572
title=

Amargura é algo muito ruim. É o primeiro passo para uma derrota espiritual, pois o desejo de vingança embutido dentro do coração ferido é real. Ela leva ao isolamento, à falta de prazer em ambientes alegres ou até mesmo à loucura. Esse sentimento é como uma bactéria que tem vida e vai comendo a nossa alma, a nossa alegria. Você começa a adoecer e remédios não surtem efeito. Satanás usa pessoas para alimentar nossa amargura. Em Hebreus 12.12-17, a Bíblia nos orienta, como se fossem placas de advertências, a levantarmos as mãos cansadas e os joelhos trôpegos, bem como nos manda tomar cuidado com a amargura. Deus está dizendo: “Tome cuidado para que a amargura não ache lugar em sua vida!”.

Temos, na Bíblia, alguns relatos de personagens que tinham uma vida com Deus, mas permitiram que a amargura dominasse seus corações e, assim, sofressem sérias consequências.

Em Lamentações 3.15, o profeta Jeremias diz que se encheu de amargura. Dos versos 26 a 31, ele diz a Deus que está amargo, triste, coberto de cinzas. Contudo, ele lembra que bom é ter esperança e aguardar em silêncio a salvação do Senhor, pois Ele não o rejeitaria para sempre.

Em Provérbios 31.6-7 diz que a pessoa liberta não precisa de bebida alcoólica para se livrar da amargura. Por isto, pessoas amarguradas se embriagam, mas nós temos um novo vinho e uma nova alegria: o Espírito Santo.

No livro de Mateus 26.75 é dito que a amargura pode ser resultado de uma ação pessoal e não externa. Jesus dissera ao apóstolo Pedro: “Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente.”

Já, no livro de Tiago 3.11, temos a afirmação de que Jesus não quer que nossa boca seja uma fonte de água amarga. Nós, crentes, não podemos jorrar dois tipos de água. Nos versos 13 a 18, Tiago diz que onde há ciúmes e sentimentos facciosos há todo tipo de obra má.

Então, o que temos que fazer? É preciso ter consciência que o amargurado é uma pessoa de difícil convivência e é necessário tratá-la com amor. Não permita que a amargura se aprofunde na sua alma.

Portanto, devemos combater a amargura crendo na graça de Deus, pois somente ela pode nos salvar e nos fazer prosperar.

Confesse sua amargura e fale com Deus sobre os seus problemas. Só Ele pode ouvi-lo e responder ao seu clamor.

Peça, ainda, perdão. Se você não admitir suas falhas, Deus não poderá ajudá-lo. Falar com Deus é arrancar raiz de amargura. Entregue seu desejo de vingança a Deus para que Ele seja o justo juiz na sua vida.

Seja cheio do Espírito Santo e não deixe o Diabo usar a amargura para prejudicar você. Por essa razão, a Bíblia nos instrui a nos enchermos do Espírito, porque n’Ele não há contenda.

Viva essa palavra e seja feliz, em nome de Jesus.

Texto originalmente publicado em getsemani.com.br

Jorge Linhares é Pastor Presidente da Igreja Batista Getsêmani desde 1981. Possui mais de 239 obras publicadas, sendo Autor dos Best Sellers: “Bênção e Maldição” e “Águia ou Galinha”, alguns traduzidos em vários idiomas espalhados pelo mundo.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Fonte