Expressões espirituais saudáveis

0
465
title=

Para sermos embaixadores espirituais e representar o Reino de Deus em todas as áreas centrais da vida devemos desenvolver maneiras efetivas de conexão  entre crentes com a presença e o poder de Deus. Era sobre isso que Jesus estava falando quando disse: “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque  sem mim nada podeis fazer… Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos” (João 15.5,8)

Fomos criados para frutificação, e somos chamados para encorajar a frutificação uns nos outros. Para isso, como indica essa passagem precisamos primeiramente criar oportunidades para as pessoas se relacionarem com Deus em intimidade e encontros transformadores de vida.

Isso pode ocorrer durante nossas reuniões de adoração regulares,  mas também pode exigir que dediquemos tempos de concentração especial. Encorajo todos os crentes a separarem tempos de adoração pessoal e em conjunto em que o único objetivo seja aprender a ha-bitar em Cristo. Assim como o relacionamento em um casamento, a  verdadeira frutificação vem da intimidade.

Depois, também precisamos encorajar tempos de oração em grupo e intercessão. Jesus disse: “Se permanecerdes em mim, e as minhas  palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito” (João 15.7). Ele também disse: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer (v. 15).

Quanto mais perto nos aproximarmos de Deus, mais seremos  capazes de nos aconselhar com Ele e sermos Seus parceiros para transformar o mundo ao nosso redor.  Por fim, precisamos encorajar os crentes a agirem plenamente no  poder do Espírito Santo. Fazemos isso oferecendo treinamento nos  dons do Espírito e fornecendo oportunidades para nossos membros  ministrarem uns aos outros no poder de Deus. Isso pode acontecer ao final de um grupo de célula no lar, ou em cultos regulares, ou em ajuntamentos de cura específicos. Em todos os casos, essas oportunidades oferecem um “laboratório” para os crentes crescerem em seus dons para que possam começar a atuar no ministério sobrenatural.


cultura__1

 

Ideias extraídas do livro Cultura do Avivamento, dos pastores Michael Brodeur e Banning Liebscher. Para saber mais sobre esta obra, clique aqui ou na imagem.

Fonte