O mau uso da liderança

0
336
title=

Há muitas pessoas que têm o desejo por dinheiro, poder e fama. Sem saber, elas têm a intenção de usar a posição da liderança para  ganhar essas coisas. Isso não é liderança! Isso é o que chamo de arte do vampirismo. Um vampiro é um sugador de sangue ou, em termos humanos, alguém que devora impiedosamente os outros.

Na África, e em muitas nações do mundo, têm surgido líderes tipo vampiro, que sugam a riqueza das suas nações. Infelizmente, algumas igrejas também têm lideres tal como vampiros, que sugam a riqueza e a vida da igreja. Um vampiro não é um líder, e um líder não é um vampiro! Pedro avisou sobre isso em sua carta à igreja.

“Portanto, apelo para os presbíteros que há entre vocês, e o faço na qualidade de presbítero como eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo, como alguém que participará da glória a ser revelada: Pastoreiem o rebanho de Deus que está aos seus cuidados. Olhem por ele, não por obrigação, mas de livre vontade, como Deus quer. Não façam isso por ganância, mas com o desejo de servir. Não ajam como dominadores dos que lhes foram confiados, mas como exemplos para o rebanho” (I Pedro 5.1-3).

Obviamente, líderes com motivos errados não eram incomuns no tempo de Pedro. Eles certamente não são incomuns em nosso tempo. Deus está procurando homens e mulheres dispostos a tomarem o manto da liderança e pagar o preço. Esse desejo dentro de você de  ajudar os outros é um sinal do chamado de Deus sobre a sua vida. É  tempo de ajudar. Deus quer levantar você para fazer exatamente isso.


arte-lideranca

 

Extraído do livro A Arte da Liderança, do bispo Dag Heward-Mills. Para saber mais, clique aqui ou na imagem.

Fonte