A unção de conquistar cidades

0
106
title=

Em Atos 8, podemos ver a história de um grande homem de Deus, um conquistador de cidades. Seu nome era Felipe. Ele decidiu encarar as adversidades da vida e as transformou em oportunidade para grandes conquistas.

Felipe era colega de Estêvão, um dos mártires da igreja primitiva. Os dois, juntamente com outros cinco irmãos, foram nomeados diáconos para servir às mesas e ajudar os necessitados que haviam na igreja.

Contudo, após o assassinato de Estêvão, desencadeou-se uma grande perseguição aos seguidores de Cristo, e isso culminou com a saída de Felipe para a cidade de Samaria. Esta, no contexto histórico, era um território que ficava entre a Galileia e Judeia. Então, todo judeu precisava dar uma volta, pois Samaria era considerada um local impuro por esse povo. Os judeus discriminaram e odiaram os samaritanos por séculos.

Negando todos os fatos, Felipe decidiu passar por Samaria, e essa atitude fez a cidade receber um grande avivamento e derramar do Espírito Santo. Quais foram, então, as atitudes de Felipe?

1. Atitude de servo. O primeiro chamado que temos no Reino de Deus é servir. Felipe foi escolhido pelos seus líderes para servir às mesas e ajudar os necessitados. Mesmo após a morte de Estêvão, ele não desistiu da incumbência de servir.

2. Boa reputação. Não se preocupe com o que as pessoas vão pensar ao seu respeito. Se preocupe com o que Deus pensa sobre seus gestos e atitudes, porque Ele sabe da real intenção de seu coração. Felipe não se importou de passar por Samaria; ele agiu como Jesus que, ao conversar com uma mulher samaritana, pediu-lhe água para beber.

3. Ser cheio de fé. Felipe creu em seu coração que poderia ganhar Samaria para Jesus, apesar da mesma ter um histórico de idolatria a outros deuses.

4. Ter foco. A perseguição serviu como estímulo para alcançar novos objetivos, não perdeu o foco. Como você reage na perseguição? Avance e creia na oportunidade para fazer a obra de Deus.

5. Crer que Deus pode usar o menos provável. Nunca se sinta incapaz de fazer algo para Deus. Felipe sabia que seu ministério como diácono era de suma importância e que por isso era capacitado para a obra.

6. Mostrar o resultado de suas conquistas. O melhor resultado de nossas conquistas é quando temos o aval da nossa liderança. A notícia de sinais e maravilhas na cidade de Samaria tinha se espalhado de tal forma que os apóstolos enviaram Pedro e João para conferir de perto o que Deus fazia através da vida de Felipe.

7. Ser cheio do Espírito Santo. A história diz que, mais tarde, Felipe partiu para Cesaréia, e depois se tornou um bispo e que suas filhas foram grandes evangelistas. Isso só aconteceu porque, como a Bíblia diz, ele pregava o evangelho por todas as cidades que passava.

Além de pregar, também batizava o povo a fim de que todos pudessem receber o batismo de Cristo. Felipe foi um homem simples que decidiu servir as pessoas e conquistou toda uma cidade. Que possamos seguir seu exemplo e conquistar nossas cidades para Jesus!

Natasha Carvalho – com ideias do pastor Carlos Alberto

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA