Restauração da visão familiar

0
547
title=

Acho impressionante como a visão familiar afeta a relação da pessoa com Deus. Isso não significa, de modo algum, que quem não teve uma boa experiência familiar esteja fadado ao fracasso na vida espiritual, mas que é necessário um reaprendizado, uma reformulação da visão familiar. A Bíblia diz que a transformação que vivemos está relacionada à renovação de nossa mente (Romanos 12.1,2). Precisamos ser reprogramados segundo os valores da Palavra de Deus.

Houve uma época, em meu ministério, que eu não ensinava sobre casamento aos que não eram casados ou não tinham planos de se casar.

Quanto ao primeiro grupo, percebi logo meu erro, pois, quem é solteiro deve aprender tudo o que puder sobre o casamento antes mesmo de se casar. Como diz o ditado: “É melhor prevenir do que remediar”.

Porém, quanto ao caso dos que expressamente declaravam seu desinteresse em se casar (como o caso de viúvos ou celibatários), ou mesmo os que não podiam fazê-lo, ainda que o desejassem (por alguma situação de divórcio que não dá direito a um novo casamento), eu não via a necessidade de ensiná-los acerca do que a Bíblia diz sobre o matrimônio ou mesmo sobre a vida conjugal.

Nos últimos anos, no entanto, o Senhor começou a me corrigir e ensinar acerca disso. Mesmo quem não vai casar-se precisa entender os princípios bíblicos sobre o casamento. Os que, casados ou não, não planejam ter filhos também devem ser ensinados sobre os princípios da Palavra de Deus acerca da relação entre pais e filhos. O propósito de se entender a visão bíblica de família vai além de viver bem a vida familiar; tem a ver com desenvolver a visão correta de Deus e frutificar no relacionamento com Ele.

Há situações onde não há mais como restaurar um relacionamento, como, por exemplo, o caso de um filho cujo pai já morreu. Porém, se essa pessoa experimentar a restauração da visão bíblica da família, ela poderá experimentar não apenas restauração para os sentimentos desse relacionamento (que já não existe mais), como também poderá desenvolver seu relacionamento com o Pai Celestial. Por isso, o propósito deste estudo não é apenas ajudar sua vida familiar, mas ajudá-lo em sua própria relação com Deus.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA