Mostrando gratidão aos líderes de célula

0
90
title=

Qual título ministerial nas Escrituras mais se aproxima do ministério realizado por um líder de célula? Ancião ou Diácono? Talvez um dos cinco títulos mencionados em Efésios: apóstolo, profeta, pastor, mestre, evangelista? Ou, que tal pastor de ovelhas? Servo? Outros títulos a se considerar são conselheiro, consolador, assessor, etc.

Eis o ponto: o ministério de um líder de célula de tempos em tempos deve envolver estas áreas. Esta pessoa pode ser a primeira de uma família em crise, o primeiro mentor de um futuro missionário ou aquele que intercede durante a noite por aqueles da célula.

Isto envolve um sacrífico significativo de tempo para liderar uma célula, um reestruturamento de prioridades, em colocar as necessidades das famílias da célula antes das atividades de lazer. Também considerar o comprometimento do cônjuge e até das crianças ao liberarem-nas a servir mês após mês.

Eu nunca me esquecerei da primeira viagem a Seul em 1963 para visitar o pastor Yonggi Cho. Dentre tantas coisas eu descobri que ele apenas pegou um ônibus lotado de líderes de célula da igreja e os levou a um resort na praia para um evento de agradecimento de um dia. Este tempo anual com o pastor foi uma grande bênção para aqueles que serviram tão fielmente.

Quando fui a Singapura para ajudar a construir o ministério de células da Faith Community Baptist Church, nós custeamos desde o início um evento anual especial para todos os líderes de célula, levando-os a um resort próximo ao mar na Malásia. Ademais, presentes personalizados foram apresentados. 24 anos mais tarde, eu ainda abro o pequeno estojo de couro com um cortador de unhas com o logo da igreja que demos a cada pessoa. Ainda mais, houve significantes premiações neste evento anual para os líderes de célula que multiplicaram seus grupos várias vezes e para aqueles que trouxeram mais novos crentes para Cristo.

Enquanto se levava aproximadamente dois anos e meio de serviço até que o líder de célula tivesse um tempo de folga ou fosse promovido para ser responsável por cuidar de 5 ou 6 células (supervisor de célula) ou fosse para uma posição pastoral (pastor de zona), tivemos muitos que escolheram permanecer líderes de célula ano após ano, geralmente vendo muitas gerações de células filhas. A estes honras especiais eram dadas. Eu percebi em um artigo recente do Pastor Mario Vega que eles haviam honrado apenas uma mulher que liderou uma célula desde a fundação da igreja!

Para líderes de células assalariados, suas maiores premiações não é irem a um retiro especial e anual, ou banquete, ou troféu, ou botton. Serão as vidas que eles investiram suas orações e as horas que mentorearam e inspiraram. Isto é ouro, prata e pedras preciosas que eles receberão por recompensa quando eles encontrarem com Deus ao entrarem na sua casa eterna e ouvi-Lo dizer: “Muito bem, servo bom e fiel!” Mas uma congregação que reconhece o trabalho de seus líderes de célula prosperará!

“Não é tolo aquele que abre mão do que não pode reter para ganhar o que não pode perder” (Jim Elliot)

Fonte