Sugestão de programa para a reunião do discipulado

0
385
title=

Recomendamos que os encontros tenham duração de 1 hora, podendo chegar ao máximo de 1h30min. Constará de:

 Oração: No caso de discipulado de novos convertidos, procurar ser o mais abrangente e simples possível no linguajar usado, evitando com isso um futuro constrangimento quando chegar o momento do discípulo orar, pois se sentirá incapaz de orar como o seu discipulador. Aos poucos você vai ensinando-lhe a orar, no ritmo e do jeito dele, até ele sentir firmeza e ficar à vontade.

Lição: Deve-se neste ponto lembrar sempre da definição e do objetivo do discipulado, para que as lições se ajustem a esse propósito. Tudo o que é bíblico é adequado, porém, deve-se ter o cuidado de sempre pensar em termos práticos, quaisquer que sejam as lições.

 Compartilhar: Deixe-o à vontade para se abrir sobre qualquer coisa. Se você já tem a confiança dele e já sabe que pode “entrar na vida dele”, vá fazendo as perguntas que você sabe que precisam ser feitas naquele encontro. Esse é um momento onde todos os seus sentidos e espírito devem estar sintonizados tanto com a pessoa como com o Espírito Santo, para que você seja um canal correto de edificação e bênção.

 Distribuição do tempo: O discipulador deverá aprender a distribuir de maneira proveitosa cada parte do programa do encontro. Caso perceba que algum discípulo está enfrentando algum problema, deverá organizar o tempo para que possa dedicar maior atenção àquele discípulo; caso necessário, marque outro horário na semana para conversar mais com ele a respeito do problema.

Extraído do livro Ide e fazei discípulos, do Sistema de Ensino MDA (SEMDA) | Adquira: [email protected] | (85) 3476-1205

DISCIPULADO.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA