Sou cristão? Dúvidas sobre si mesmo

0
84

Sou cristão? Dúvidas sobre si mesmo

Instrução básica: Mateus 25.14-30

Roteiro da semana
Domingo: Sl 23

Segunda: Rm 8.31-39

Terça: 2Pe 1.3-8

Quarta: Rm 12.3-8

Quinta: 1Co 12.4-11

Sexta: Sl 42

Sábado: Sl 13

Mente e coração

Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Nós também temos dúvidas e ansiedades com respeito ao nosso relacionamento com Deus e é este o nosso estudo da semana.

Partida
Será que sou cristão?

Essa dúvida costuma afligir recém-convertidos, mas ela pode passar pela cabeça de cristãos maduros uma vez ou outra durante a caminhada cristã.

Diante de uma dúvida como essa, aí vai a dica: não confie em seus sentimentos, e sim nas promessas divinas que são exteriores a você. A salvação está em Cristo somente. É necessário aprender a desconfiar dos sentimentos nesse aspecto. Devemos, isso sim, firmar nossa fé nas promessas de Deus. E que promessas seriam essas?

  • Primeiro, há a promessa de que Deus, apesar de detestar o pecado, ama o pecador;
  • Segundo, temos a promessa de perdão de pecados;
  • Terceiro, temos a promessa de que Deus estará conosco em nossa vida cristã.

Leia Romanos 8.31-39.

No deserto

Quando lemos os trechos na Bíblia que narram a história do povo de Israel no deserto, podemos ficar meio indignados com as dúvidas dele. Deus tinha se mostrado tão maravilhosamente, como os israelitas podiam duvidar? Porém coloque-se no lugar deles, no deserto, por um instante. No início da caminhada, Deus parecia estar bem perto – não dava para não perceber a sua presença. Depois, enquanto os anos se passavam, a lembrança daquela etapa inicial foi se enfraquecendo e já não parecia ser digna de confiança.

Às vezes, Deus vai estar presente conosco, mas não vamos sentir a sua presença. Será como se ele estivesse ausente. Isso já aconteceu com várias pessoas e acontece hoje, e há registros na Bíblia sobre experiências de pessoas que passaram por momentos de saber que Deus estava com elas, mas não sentiam sua presença.

Leia o Salmo 42.

Sou um cristão despreparado!

Quando olhamos para a responsabilidade de ser cristão e para o desafio que temos pela frente, pode bater aquele desânimo por nos sentirmos despreparados para a obra de Deus. Mas essa responsabilidade vem acompanhada da promessa de Deus de que irá nos ajudar e de que não nos abandonará. Os dons que Deus dá são de acordo com suas exigências e com o propósito que determinou para cada um.

Leia Mateus 25.14-30.

A parábola dos talentos explica esse aspecto da vida do cristão de maneira muito clara. Nela, temos dois lados: o cristão que recebe os dons e trabalha com eles e o que recebe os dons e dá uma de falsa humildade.

Dá para tirar dela três lições importantes: nossos talentos são dom de Deus; ele concede os dons para serem usados; os dons de Deus aumentam à medida que são usados.

Identificar os dons que o Senhor lhe deu é um modo adequado de começar a discernir a vontade dele para a sua vida.

Pit stop

Você tem colocado os seus dons em prática ou os tem escondido debaixo da terra? Deus não se agrada daqueles que escondem seus dons com a desculpa de falsa humildade. Caso você não esteja colocando seus dons em prática, pense no que seria necessário para fazer isso e tente colocar em prática.

Chegada

O sentimento de que Deus não está conosco ou de despreparo pode enfraquecer a nossa fé e fazer com que não queiramos mais ir à igreja. Quando acharmos que Deus não está mais ao nosso lado, que não somos importantes ou não temos nenhum talento que faça a diferença para a igreja, devemos nos lembrar, com urgência, das promessas de Deus para nós, do sacrifício de Jesus na cruz e de que todos os cristãos têm dons e de que todos os dons são importantes.

Bíblia e família

Converse com os seus pais sobre dons. Separe, pelo menos, um dia para fazer isso orando e conversando sobre os dons que cada um na família tem e como eles podem ser empregados para a obra da igreja.

Para você

Digite no buscador do site www.youtube.com – Conforto (Comfort) e veja como é alguém que não faz uso de seus dons.

>> Autor do Estudo: Bruna Perrela Brito
>> Estudo publicado originalmente na revista Território Teen – Posso perguntar? Usado com permissão.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA