Sempre caio no mesmo tipo de pecado. Como vencer isso?

1
124

Antes de você ler o estudo, responda a uma pergunta rápida: Você quer estudar a Bíblia com o presbítero André Sanchez de Gênesis a Apocalipse, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas, de seu computador, tablet ou celular? Clique aqui e saiba como

Você Pergunta: Não sei mais o que fazer. Toda semana tenho feito propósito com Deus de mudar, de viver uma semana diferente, sem cair no mesmo pecado, mas eu sempre peco na mesma coisa. O meu desejo sempre me vence e eu acabo deprimido e prostrado. Então, faço novamente propósito com Deus para vencer esse pecado, passam uns dias, fico firme, mas logo vem a vontade de pecar novamente e acabo caindo. Já são anos vivendo essa vida. Me ajude, como posso vencer isso e sair dessa situação terrível? Não aguento mais isso!

Caro leitor, esse tipo de vida que você tem levado realmente é muito desgastante. O pecado acaba com o coração humano e chega até mesmo a atingir nosso psicológico e nossa saúde física. Não foi à toa que o Salmista declarou: ”Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia” (Salmos 32:3). Sendo assim, é importante tomar providência concretas contra isso.

Sempre peco no mesmo tipo de pecado. Como vencer isso?

A situação que você está vivendo é muito ruim. Viver sempre caindo no mesmo pecado nos leva a pensar que existe algo errado que precisa ser corrigido. Abaixo vou fazer algumas considerações a fim de questionar algumas coisas que talvez possam ser a causa de você não conseguir vencer esse pecado. Pense em cada uma delas com muito carinho e reveja aquilo que estiver errado.

1-) Você é realmente convertido? Uma pessoa que caí sempre no mesmo pecado deve refletir se realmente teve um encontro verdadeiro com Jesus. Isso porque muitas vezes achamos que somos convertidos de verdade, mas não o somos. Se você tem dúvidas sobre isso, ore a Deus e faça um compromisso com Ele. É importante pensar nessa questão porque a Bíblia afirma que: “Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado…” (1João 3:9). Ou seja, quando temos um encontro verdadeiro com Jesus não somos mais dominados pela prática do pecado. O pecado se torna um acidente em nossa vida e não mais uma prática.

2-) Você está desviado? Uma causa muito comum de uma grande abertura para o pecado na vida de um servo de Deus é quando ele está “desviado” de Deus ou de Sua obra. Manter-se firme na obra de Deus, próximo de outros irmãos em Cristo, traz um grande fortalecimento para nossa vida. Caso você esteja afastado das coisas de Deus, busque voltar, isso ajudará muito a dar cada vez menos brechas para a ação do pecado em sua vida.

3-) Sua vida espiritual está em dia? Sabemos que Deus é a fonte de tudo que precisamos para viver uma vida santa. Se por algum motivo nos afastamos desta fonte, isto é, deixamos de orar, de ler a Bíblia, de fazer a obra de Deus, de ter comunhão com Ele, etc., estamos enfraquecendo o nosso espírito e, consequentemente, fortalecendo a nossa carne. Devemos lembrar que a Bíblia é clara quando diz que “a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si” (Galátas 5:17). Isso significa que se alimentamos pouco o nosso espírito, a carne irá ficar mais forte, e se alimentamos muito o nosso espírito a carne ficará mais fraca.

4-) Você tem ficado muito exposto a esse pecado? É muito comum acharmos que vamos vencer um pecado de forma milagrosa. Geralmente não é assim que acontece. Precisamos agir com inteligência diante do pecado; “vigiar”. Por exemplo, muitos jovens cristãos têm problemas com pornografia e querem vencer isso. No entanto, não mudam nada em suas rotinas. Continuam com os mesmos hábitos de quando o pecado os dominava. Fazendo assim, dificilmente vencerá. Aconselhei um rapaz há algum tempo, que me dizia que sempre caia no pecado de acessar pornografia quando ficava sozinho em casa. Perguntei a ele o que ele tinha feito para mudar isso. Ele me disse que estava buscando forças em Deus para resistir. Eu disse a ele que tudo bem, Deus iria dar forças a ele, mas o que ele estava fazendo de concreto, ele, não Deus. Na realidade ele não estava fazendo nada, estava passivo. Estava apenas esperando por um milagre quando a solução passava pela ação dele também e não só de Deus. No caso dele ele deveria mudar a situação de ficar sozinho. Não ficar sozinho em casa iria tapar aquela brecha que representava a fraqueza dele, e ele não ficaria exposto a tentação.

Como você pode perceber, vencer um pecado é uma ação de cooperação de nossa parte juntamente com Deus. Não adianta tentar vencer um pecado esperando um milagre do céu e nem tentar vencer sem a ajuda de Deus. Na colaboração mútua o ser humano pode vencer e agradar a Deus, vivendo o que a Bíblia nos manda viver: “Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça” (Romanos 6:14).

Fonte: Esboçando Idéias

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA