O desafio e o poder da transparência

0
330
title=

Todos nós nos escondemos. Às vezes, vivemos atrás de um véu de segredos. Agimos como se soubéssemos mais do que sabemos. Agimos como se fôssemos melhores do que somos. Apresentamos apenas partes apresentáveis de nossas vidas e fingimos uma perfeição que não temos. Não ainda. Não aqui. Não agora. Então fingimos.

E desde o começo da humanidade, nosso sigilo tem sido nossa ruína e desgraça. Adão e Eva falharam miseravelmente e qual foi a primeira coisa que fizeram? Esconderam-se.

Cobrir está em nossa natureza; negar, fingir com a esperança de talvez conseguir se livrar. Escondemos nossos pecados. Ocultamos nossas dificuldades. Cobrimos nossas inconveniências com a máscara da perfeição.

Por que nos escondemos? Porque somos muito orgulhosos para admitir defeitos. Muito arrogantes para assumir falhas. Muito soberbos para confessar fraquezas e pecados. Muito egoístas para aceitar nossa realidade de nossas deficiências. O que as pessoas pensariam se conhecessem meu verdadeiro eu? Temos muito medo da possibilidade de rejeição ou muito temor de sermos descobertos.

Além de orgulho e medo, infelizmente, às vezes escondemos simplesmente por encontrar um sórdido e bizarro prazer nas sombras. É divertido (por um período)! Nós apreciamos o nossos pecados mais do que possamos imaginar. Faz-nos sentir bem. Satisfaz um desejo sombrio e perverso da pessoa que costumávamos ser antes de Cristo, mas nosso amor e prazer no pecado é fruto de colocarmos nossas vontades acima das necessidades dos outros e o desejo por Deus. Tragicamente, se escolhermos viver na sombra, essa vergonhosa autossatisfação nunca terminará bem.

Então, qual seria a resposta? Existe algum valor em viver uma vida humilde, contrita e transparente? Poucos líderes são seguros o suficiente na identidade em Cristo para admitir que ainda estão trabalhando em seu progresso. O caminho “para atravessar o pecado” é descoberto e experimentado através da transparência. Precisamos parar de esconder.

Transparência é humilhante (e humildade é algo ótimo), mas é confortante saber que você não está sozinho nessa dificuldade. E para não esquecer, transparência não dificulta as suas relações, ela as fortalece.

> Leia também:
+ Os benefícios da prestação de contas
+ Sete inimigos do discipulado

Transparência é desafiador, mas conforme se confessa os pecados e dificuldades, grandes coisas acontecem, e Deus começa a curar sua alma. Transparência é difícil, mas é onde a liberdade é encontrada. Andar na luz é libertador.

Se transparência é bom (e sabemos que é), e se falharmos (o que também sabemos que acontece), então escondemos? Por que insistimos em fingir sermos algo que não somos? Por que desperdiçamos tanta energia em preparar uma falsa imagem de nós mesmos? Por que tentamos cobrir nosso físico, emocional e doenças espirituais? Não seria melhor assumir?

Se estamos contritos, porém em processo de transformação, e nossa tristeza não é o fim da história se Deus está nela. Somos fracos, no entanto, Deus tem prazer em nós. Ele é reconhecido por mostrar seu poder a seres frágeis como nós.

Sabemos que estamos muito longe da perfeição, mas somos pelo Pai e nada, ninguém, nem imperfeições físicas, emocionais ou espirituais podem mudar a realidade do amor Dele.

Podemos ser coxos, tropeços e falhos frequentemente, mas Deus nunca irá desistir de nós; então, por que deveríamos desistir de nós mesmos?

Quanto mais nos conhecemos em Cristo e quanto mais profundo entendemos seu interminável amor por nós, mais livres nos sentimos para assumirmos quem somos uns para com os outros. O quão fraco somos, e o quanto grande é Deus. Ser autêntico é bom. É sempre bom ser honesto, e verdadeiro. Sempre.

Você está lutando contra uma doença mental ou uma aflição física? Bem-vindo ao planeta terra! Está lutando contra as tentações do pecado? Bem-vindo à raça humana! Sente-se com medo de assumir que seu passado possui falhas? Bem-vindo ao clube (e você não está só)! A igreja é repleta de pessoas imperfeitas.

No entanto, mesmo a transparência sendo algo um tanto amedrontador e difícil, ela vale a pena. Na verdade, a única maneira de tornar-se o homem ou mulher que Deus quer, é parando de esconder. Uma alma transparente não possui segredos.

Adaptado de um artigo do pastor Kurt Bubna

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA