Fazendo discípulos que fazem discípulos

0
512
title=

Lá pelos anos 1990, eu estava refletindo a respeito de como resolver o problema dos líderes de células esgotados por terem de mentorear todos os membros do grupo. Então, o texto de I João 2.12–14 chamou minha atenção. Ali estava o segredo: descobri como é que discípulos fazem discípulos!

“Filhinhos, eu lhes escrevo porque os seus pecados foram perdoados, graças ao nome de Jesus. Pais, eu lhes escrevo porque vocês conhecem aquele que é desde o princípio. Jovens, eu lhes escrevo porque venceram o Maligno. Filhinhos, eu lhes escrevi porque vocês conhecem o Pai. Pais, eu lhes escrevi porque vocês conhecem aquele que é desde o princípio. Jovens, eu lhes escrevi, porque vocês são fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno”.

Observe: os filhinhos sabem que tem um Pai e que seus pecados foram perdoados, mas eles não sabem como vencer o Maligno.

Não seriam os jovens os que melhor poderiam discipular os filhinhos, dizendo, por exemplo: “Eu sei, eu tive o mesmo problema há alguns meses, mas veja o que aprendi a respeito de vencer o inimigo”.

Observe: os jovens são fortes, mas ainda não geraram um filhinho. Não seria um pai a pessoa ideal para ajudá-los a levar pessoas a Cristo?

O filhinho – mentoreado pelo jovem – mentoreado pelo pai, que supervisiona a mentoria do filhinho e do jovem! “Onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles”.

Ainda me lembro de quando expliquei aos 56 membros de uma célula em Singapura esse novo entendimento que eu havia recebido. Perguntei se eles conseguiriam facilmente identificar esses três grupos de pessoas na célula. E eles conseguiram! Sugeri que formassem trios, e eles o fizeram!

Imediatamente começamos a perceber que o discipulado um a um, utilizando esse método, resolvia o problema de esgotamento dos líderes de célula. Também possibilitou um amadurecimento mais rápido dos jovens e dos pais porque eles agora eram responsáveis por discipular uma pessoa.

E o mais significativo foi que os pais, já tão maduros, começaram a gerar líderes de célula suficientes para lidarem com o crescimento. Utilizando esse método, crescemos de 600 para 7000 membros em 5 anos.

Experimente! Você vai gostar!

 

DEIXE UMA RESPOSTA