Aprendendo com o publicano Zaqueu

0
300
title=

A bíblia é um livro com muitas histórias fascinantes, e de todas as histórias podemos tirar lições valiosíssimas pra vida.

Uma das histórias que mais acho interessante é a de Zaqueu. Por que essa história é um claro exemplo de como Jesus muda e restaura a vida das pessoas se elas quiserem, independente de suas falhas de caráter e dos erros cometidos no passado.

A história de Zaqueu nós encontramos em Lucas 19:1-10. Essa história nos revela que Zaqueu era um baixinho invocado. O que ele tinha de pequeno ele tinha de mau caráter. Ele era um coletor de impostos que havia enriquecido roubando as pessoas. Era mentiroso, enganador, ganancioso, explorador e nada confiável. Mas apesar de todos os seus defeitos ele tinha o desejo de ser salvo.

Com este desejo no coração, ele tomou sete atitudes que mudaram a sua vida e o tornaram um vencedor.

A primeira atitude foi de não se sentir satisfeito com sua vida, ele decidiu procurar o que estava faltando.

Zaqueu era um homem rico. Tinha muito dinheiro, mais do que muitos da cidade de Jericó. Quem não quer ser tão rico como ele? Ele tinha tudo o que queria, ou melhor, quase tudo. Mas lhe faltava algo, ele queria algo mais. Quanto mais dinheiro tinha, mais longe ficava da paz interior. E por isso ele não estava satisfeito consigo mesmo, com a sua vida. Então, o que ele fez? Tomou uma atitude feliz: Procurou Jesus!

A segunda atitude foi ser perseverante diante dos obstáculos.

Zaqueu desejava contemplar o rosto daquele cujas palavras de esperança já ouvira falar. Mas não foi fácil. As ruas estavam lotadas, e ele era de pequena estatura. Todo mundo também queria ver Jesus. Ninguém queria abrir o caminho. Ele tentou uma, duas, três e mais vezes, mas não conseguiu passar por aquela multidão. Porém, não desistiu do seu sonho de ver Jesus. Maravilhosa atitude essa de Zaqueu. Muitos no lugar dele talvez tivessem desistido.

A terceira atitude foi ter coragem de subir na arvore.

Embora Zaqueu fosse impedido de ver Jesus ele continuou a procura daquele de quem tanto precisava. Ele correu adiante da multidão, chegou a uma grande árvore a beira da estrada. E não pensou duas vezes. Tomou uma corajosa atitude: subiu na árvore e escondeu-se entre os galhos para ver Jesus.

A quarta atitude foi não se deixar abater por ser que era desprezado

As pessoas não gostavam de Zaqueu, ninguém se importava com ele, ninguém estava interessado nele. Jesus e não Zaqueu era o centro da atenção de toda multidão. Apesar disto, ele não se importava com o desprezo da multidão. Ansioso, ele foi em busca da figura que tanto almejava ver. E Lá em cima da árvore, escondido e desprezado, quando ele menos esperava, de súbito ouviu a voz daquele que ele mais queria ver, falando com ele: “Zaqueu, desce depressa…” Era Jesus, falando com ele.

Nossa! Que surpresa incrível! Imagino que naquele momento Zaqueu quase caiu da arvore! Tremulo e atônito ele mal conseguia crer no que tinha acabado de ouvir. Como ele sabe o meu nome? Pensou ele, como ele sabia que eu estava escondido aqui?

Simples, por mais indignos, pecadores e desprezados que possamos parecer Jesus conhece a cada um de nós pelo nome. Ele conhece a sua vida, as suas aflições, os seus sonhos, o seu coração. Ele sabe tudo sobre você porque Ele não vê multidões, ele vê pessoas individuais e ama cada uma individualmente.

A quinta atitude foi ter humildade e sentir-se Indigno

Zaqueu não poderia acreditar no que ouvira e vira. Hospedar em sua casa a pessoa mais importante de sua vida? Ele se achava indigno de receber o filho de Deus, e na verdade ele era indigno, não merecia a presença de Jesus. Entretanto, ele precisava da sua presença. Jesus não se importa com o que somos, nem com o que temos. O que importa para Ele é o que sentimos, é o nosso desejo de estarmos bem junto dEle, de desenvolver um relacionamento com Ele.

Sexta foi arrepender-se dos erros e confessá-los a Jesus

Diante de uma demonstração tão grande de consideração e de amor de Jesus, Zaqueu toma uma atitude de arrependimento e confissão. Essa atitude foi a mais importante de sua vida. Na presença de todos, ele reconheceu que defraudava as pessoas e decidiu restituir quatro vezes mais o que tinha roubado dos contribuintes. De repente o homem mais desonesto da cidade decidiu ser honesto com Jesus, e admitir seus erros. Essa foi sem dúvida uma sábia decisão. Pois a confissão e o arrependimento são a chave que abre o nosso coração para que Cristo pode entrar nele e fazer a obra de transformação.

A sétima atitude foi mudar de vida e abandonar os velhos hábitos.

Diante da sincera confissão de Zaqueu, Jesus realiza um milagre que está acima de toda compreensão humana: o milagre da transformação, o milagre do novo nascimento. Zaqueu foi transformado, já não era mais o mesmo. Só Jesus pode fazer um milagre assim, ninguém mais. Quando Jesus entra na casa, no coração e na vida de alguém, tudo muda, tudo se transforma.

Zaqueu ouviu de Jesus as mais lindas palavras que um pecador pode ouvir: “hoje, ouve salvação nesta casa”. Verso 9.

Não existe coisa mais maravilhosa do mundo do que ter a certeza da salvação. “Toda pessoa convertida, como Zaqueu, evidencia a entrada de Cristo no coração pelo abandono dos maus hábitos e pela mudança de vida. Assim como zaqueu abandonou seus velhos hábitos desonestos e restituiu aqueles a quem tinha roubado, Jesus nos convida hoje a abandonarmos aquilo que nos afasta de Deus. Os vícios, as más companhias, a desonestidade, a vaidade, os maus hábitos, dentre outras coisas.

Não é fácil, sabemos que não é fácil. Mas a boa notícia é que não estamos sozinhos nessa. Cristo está disposto a nos ajudar, mas temos que dar os primeiros passos:

Assim como zaqueu precisamos desejar ser salvos; não podemos desistir no primeiro obstáculo; temos que ter coragem; não podemos nos abater diante do desprezo das pessoas que debocham da nossa fé; temos que ter humildade e reconhecer que precisamos de Jesus; temos que confessar nossos pecados a Cristo e pedir forças para abandoná-los. E o mais importante de tudo, nos entregar a Ele e permitir que ele transforme a nossa vida como transformou a de Zaqueu.

Coragem zaqueu! Está cansado de sentir-se pequeno diante dos problemas desse mundo? Tenha coragem de procurar por Jesus e você o encontrará.

Jeremias 29:13 – Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.

Assim como Jesus entrou na casa de zaqueu e comeu com ele, do mesmo modo Ele quer entrar na sua casa e na sua vida. Ele mesmo diz em Apocalipse 3:20:

Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA